Entenda as 5 etapas do Inbound Marketing e a transição entre elas

Tempo de leitura: 4 minutos

Com o avanço da tecnologia e o crescimento do número de pessoas conectadas, as estratégias digitais que façam com que empresas tenham destaque na rede são cada vez mais necessárias.

Nesse contexto, o Inbound Marketing é uma tendência entre os profissionais da área. Também conhecido como marketing de atração, essa metodologia prevê que é o cliente quem vai atrás do seu produto ou serviço, e não o contrário — como acontece no outbound marketing.

Ou seja, é preciso entender as necessidades das pessoas e oferecer soluções para os seus problemas. Assim, ao buscar ajuda, elas encontrarão a sua marca.

Quer entender mais sobre esse conjunto de estratégias? Então confira no post de hoje quais são as etapas do Inbound Marketing e como elas se relacionam. Boa leitura!

1. Atração

Na primeira fase, os esforços devem ser destinados a gerar tráfego para o seu site, aumentando sempre o número de visitantes — que são leads em potencial.

Aqui, o conteúdo é importantíssimo: é preciso que seja relevante para o seu público-alvo, para que seja encontrado quando ele pesquisar por temas relacionados ao produto e/ou serviço que você oferece.

Nesse sentido, é importante ter um blog que, além de apresentar materiais de qualidade, aplique técnicas de otimização para mecanismos de busca. Divulgar o conteúdo produzido nas redes sociais e aproveitar as possibilidades de mídia paga também ajudarão a levar visitantes para o seu site.

2. Conversão

Agora, o objetivo é transformar o visitante — atraído por meio das técnicas citadas no tópico anterior — em lead. Afinal, de nada adianta receber muitas visitas e não ter conversões.

Por isso, nessa fase é preciso ter algum dado de contato do potencial cliente, para que uma relação possa ser estabelecida com ele. Para conseguir isso, o recomendado é oferecer algo em troca: ebooks, planilhas, ferramentas, webinars, etc.

Conhecidos como material rico, esses conteúdos também vão atuar no processo de solução dos problemas do cliente, fazendo com que sua marca vá se tornando referência para ele.

3. Relacionamento

Agora que você já tem um lead, é preciso estreitar o relacionamento com ele, para que a sua marca seja cada vez mais considerada. É nessa hora que devemos nutrir o lead, conduzindo-o ao momento da compra.

Nessa etapa, o uso de e-mail marketing é uma ótima estratégia, pois ele proporciona uma segmentação adequada. Quando bem utilizado, é possível entregar conteúdo relevante, com base nas necessidades do lead.

ferramentas que automatizam a organização da base de leads, tornando possível gerir e se comunicar com eles de forma escalável e inteligente.

4. Venda

Essa etapa é o objetivo principal de qualquer negócio: vender. Depois de visitar o seu site, deixar o e-mail em troca de um conteúdo relevante, conhecer e se relacionar com sua marca (tendo adquirido confiança no seu produto ou serviço), o lead concretiza a compra.

Se sua empresa tem um e-commerce, esse processo vai ser mais simples. Se não tiver, o processo sai do marketing e segue para a área de vendas.

É importante ter um alinhamento dos times, para que as informações dos leads sejam todas passadas para quem vai, de fato, concretizar a venda.

Softwares de CRM são ótimas ferramentas de cadastro de dados de leads. Eles permitem que todos os contatos sejam registrados, fazendo com que a relação fique cada vez mais personalizada.

5. Análise de resultados

O processo não deve terminar na venda. É preciso analisar os resultados, compará-los com os objetivos definidos e verificar se alterações são necessárias para otimizar a estratégia. Das etapas do Inbound Marketing, essa é uma das mais importantes.

Há ferramentas que ajudam a fazer essa análise, medindo acessos e taxas de conversão, por exemplo. Esses mesmos softwares também disparam e-mails automaticamente, monitoram canais e são, portanto, essenciais para a implementação eficiente dessa metodologia.

Como vimos, todas as etapas do Inbound Marketing são importantes para o processo como um todo, pois desempenham papéis específicos na estratégia. Para que funcionem corretamente, é fundamental ter um planejamento bem feito, que auxilie na execução de todas as fases.

Achou complicado e não sabe exatamente como colocar em prática? Então não se preocupe, entre em contato com a nossa equipe para que possamos ajudá-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

7.455 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>