Como reduzir custos na sua agência de turismo com marketing digital

Tempo de leitura: 5 minutos

Segundo o Panorama de Agências de Viagens e Operadores Turísticos no Brasil de 2017, o país tem 32.211 agências de viagens.

Com um mercado tão competitivo, é necessário ter processos bem estabelecidos de gestão para que os custos não superem as receitas.

Consolidar o seu negócio é o investimento mais lucrativo para se reduzir custos. Ter clientes fiéis e virar referência são grandes desafios.

Como reduzir custos com marketing digital

O Brasil é o quarto maior país no uso da internet. Por isso, os canais de comunicação digital são o principal meio de interação entre empresas e pessoas. Fazer uso deles é indispensável para que sua agência ganhe destaque entre as concorrentes e consiga reduzir custos.

Conhecer o público-alvo é uma tarefa relativamente simples: basicamente, é aquele grupo de pessoas para o qual sua estratégia empresarial foi traçada. Mas sua empresa conhece as personas? Diferente do público-alvo, a persona é a representação fictícia do seu cliente ideal.

Saber objetivos e desafios dos seus possíveis clientes quando planejam uma viagem ajuda sua empresa a traçar uma estratégia de marketing digital direcionada para soluções.

Nesse momento, é possível planejar ações práticas para atrair novos clientes e reduzir custos de aquisição. Afinal, você já sabe como resolver os desafios enfrentados pela sua persona.

Atraia novos clientes até sua agência

Sempre que alguém encontra um novo desafio, uma das primeiras ações realizadas é a busca na internet. Entre 60% e 70% das pesquisas online são relacionadas a descoberta e localização de produtos e/ou serviços. Por isso, ter presença digital é de grande importância para sua agência.

O marketing digital vai além de se ter um site agradável e intuitivo. Apesar de transmitir segurança e credibilidade, isso não garante que as pessoas encontrem a sua agência de turismo.

No marketing digital, a metodologia de inbound é o que se aplica nas empresas visando torná-las influentes nas vidas das pessoas. Fazer com que os clientes cheguem até sua marca organicamente permite reduzir custos, pois ela se utiliza dos recursos online para aplicação.

Para isso, é necessário ganhar a confiança do consumidor. Gerar conteúdos para atrair, se relacionar e vender é o meio mais eficaz para se reduzir custos.

Venda destinos

No livro The Ultimate Sales Machine, o autor, Chet Holmes, identificou que apenas 3% do público realiza buscas ativas para compra e que entre 6 e 7% está aberto a propostas. Ou seja, sua agência de turismo tem 90% de mercado a explorar!

Por que vender pacotes? Entre os principais custos da sua agência, a prospecção de novos clientes, com certeza, é a que demanda maior recursos. Então, é preciso olhar para essa ação para reduzir custos.

A maior parte das pessoas busca destinos na internet em vez de pacotes. Por isso, a criação de conteúdos sobre destinos é importante para reduzir custos de aquisição de novos clientes.

Apresentar os destinos que estão em alta, dar dicas para se organizar para viagens e compartilhar check lists do que levar são exemplos de conteúdos que sua agência de turismo pode produzir para atrair esses clientes. Dessa forma, ela se consolida no mercado como autoridade por entregar informações relevantes.

Personalize seu atendimento

Mas o conteúdo não será entregue gratuitamente. O seu visitante precisará pagar por ele. Não financeiramente, mas com informações sobre quem ele é e quais são seus principais interesses.

Essa troca permitirá que sua agência conheça melhor o seu lead (aquele visitante que demonstrou interesse no seu conteúdo e preencheu um formulário para obtê-lo) e se relacione de maneira mais personalizada com ele.

Quando sua agência entrega o conteúdo certo no momento certo, consegue se aproximar do lead e saber os principais interesses dele. E quanto mais informações, melhor! Sua equipe de vendas poderá ser mais direta na abordagem e reduzir custos no fechamento de vendas.

Esse conhecimento pode ser expandido para os antigos clientes. Quem já viajou uma vez com sua agência estará muito mais disposto a viajar novamente. Assim, além de criar novos relacionamentos, manter as relações já estabelecidas é uma estratégia válida, já que os interesses e as compras de clientes estão registrados.

Por isso, quando sua agência de turismo precisar planejar como reduzir custos, o uso do marketing digital se apresentará como um dos principais meios. E se todo o processo for automatizado, o alcance desse objetivo se tornará mais simples ainda!

Automatize seus processos

O ciclo de compra de uma pessoa, dentro da metodologia do inbound marketing envolve atração de novos visitantes; a conversão deles em leads com a ajuda de conteúdos; o relacionamento para aproximá-los do momento da compra; e a decisão de comprar efetivamente.

Em uma estratégia bem definida, é importante saber em que estágio cada lead está para que a abordagem seja feita no momento adequado. A automatização desses processos por meio de ferramentas de marketing é uma maneira efetiva de reduzir custos de gerenciamento.

Automatizar o processo significa entregar oportunidades reais para sua equipe de vendas, garantindo maiores taxas de conversão. Isso otimiza todo o processo da sua agência de turismo, permite o melhor gerenciamento da base de leads e reduz custos de aquisição de clientes.

Com os processos automatizados também é possível planejar a melhor estratégia de obtenção de novos clientes, mensurar os resultados obtidos e medir o retorno sobre investimento (ROI), garantindo se foi efetiva ou não, para que um novo ciclo de otimizações seja implementado no processo.

Entre em contato com a gente para descobrir como o inbound marketing pode ser a solução para a sua agência de turismo!

Saiba mais sobre inbound marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

6.616 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>